20 abril 2015

Comentando...

Boa tarde pessoal, aproveitando a experiência e conhecimento compartilhado pela nossa palestrante Daniella, façam um comentário sobre aula passada, enaltecendo os pontos que acharam de maior relevância e que podem ser aplicados nos cotidianos de trabalho de cada um.

- Atividade individual e optativa, deve ser postado até as 18:40Hrs do dia 24/04
________
Thadeu Alexander.

38 comentários:

  1. Levando em conta o que foi mostrado pela Daniela, é impossível não se apaixonar ainda mais pela nossa área de formação. É um campo riquíssimo e que é multidisciplinar que nos proporciona vários campos de trabalho. A parte que achei mais interessante foi à facilidade que ela tem de identificar os erros e fraudes nos documentos. O estudo da diplomática como ela mesma mencionou em sua palestra, foi muito importante em sua formação, afinal nessa disciplina ela consegui analisar a autenticidade, a veracidade e os sinais de validação dos documentos, e isso a ajuda muito no seu dia-a-dia.
    Depois dessa palestra é impossível ver a disciplina com os mesmos olhos, ela será de extrema importância, pois não é só teoria, estamos vendo na prática o que nós iremos encontrar nas instituições que iremos trabalhar. Precisamos conhecer a história da instituição e seus usuários, pois assim saberemos analisar com maior precisão os documentos que nos forem passados, analisar o todo e não o documento isolado, olhar as assinaturas, o carimbo, as marcas da instituição enfim tudo que possa comprovar que ele é um documento verdadeiro e autentico para a instituição.

    ResponderExcluir
  2. A palestra da Daniela foi muito empolgante. Ela apresentou o conteúdo de forma descontraída, tornando-o muito interessante. Os relatos da palestrante na identificação da veracidade dos documentos foram o ponto auge em minha opinião e serão de grande valia no meu trabalho, uma vez que frequentemente preciso de validar informações de documentos e notícias da internet. O caminho para verificação da autenticidade dos documentos foi apresentado por Daniela, na próxima vez começarei a pesquisa diretamente no site do D.O.U., no dia da publicação.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. A palestra foi muito interessante e rica de conhecimento. O que mais se destacou para mim foi de como Daniela sabia a autenticidade dos documentos, e de como ela procurava diretamente na fonte do documento. Percebi como é de extrema necessidade o conhecimento da fonte do documento e de como teremos de conhecer sobre os documentos e não somente o em si.

    ResponderExcluir
  5. Além do jeito dinâmico e descontraído da Daniela, o que já nos traz bastante entusiasmo, o que mais me chamou atenção foi a forma como ela trabalha juntando o conhecimento prévio de anos de estudo na área e enriquecendo esse conhecimento com pesquisas sobre a fonte e a origem do documento em questão, o que garante tantas conclusões corretas com relação às análises propostas a ela. Acredito que essa rotina de pesquisa torna nosso trabalho mais eficiente, pois, nos permite saber onde buscar (com êxito) a informação com mais rapidez; e também ajuda a realizar construções lógicas e acertivas diante de desfios ou novas questões que surgem no dia-a-dia.

    ResponderExcluir
  6. A aula foi muita rica em aprendizagem. Ela trouxe exemplos e informações que levaremos para vida. Fiquei ainda mais apaixonada pela nossa área. Ela mostrou que a facilidade para analisar os desafios propostos pelos colegas deu-se através do conhecimento prévio da área e, além disso, de pesquisas sobre a origem dos documentos. Aprendemos que é necessário conhecer as características dos documentos (os elementos externos e internos) para o bom desempenho da profissão.

    ResponderExcluir
  7. A palestra sobre “autenticidade e veracidade” foi proferida no último dia 17 de abril, no auditório da FCI, pela ex aluna Daniella Larcher, arquivista com experiência no campo de reconhecer a autenticidade em documentos bancários.
    O evento reuniu alunos do 5º semestre do curso de Arquivologia da Universidade de Brasília, o professor de Diplomática e Tipologia Documental, André Lopez, e monitores.
    Segundo a palestrante, falar sobre análise de identificação de veracidade de determinado documento é também falar sobre um amplo conhecimento do que se está analisando, bem como saber usar com consciência as ferramentas que se tem nas mãos, saber procurar na Internet, onde procurar, em caso de não encontrar, ter uma noção de quem pode te ajudar, ou seja, saber encontrar possíveis respostas em conhecimentos individuais com quem você tenha contato, manter laços muito próximos com fontes e pessoas que possam te ajudar em uma pesquisa futura, para mim, esse foi um ponto muito importante na palestra, pois, o arquivista não faz nada sozinho, ele não é a fonte de todas as respostas e soluções, saber buscar a saída de forma mais rápida, efetiva e eficiente é importantíssimo para seu sucesso e progresso.

    ResponderExcluir
  8. Na aula passada a palestrante Daniella nos deu uma aula sobre seu trabalho, que é analisar documentos para verificar sua autenticidade em tentativas de golpes e fraudes bancárias, ela fez a aula de forma bem atrativa e explicativa, a aula estava diretamente relacionada com a diplomática e acredito que foi muito útil para disciplina pois consegui ver como aspectos como sinais de validação e autenticidade na realidade de um trabalho, um dos pontos mais interessantes ao meu ver foi como ela consegue identificar as fraudes, ela tem que conhecer muito bem os documentos, seus sinais de validação, seu tramite, e seus usuários, só assim ela consegue fazer uma boa análise e verificar a autenticidade do documento, ademais abriu meus horizontes para novas perspectivas de como posso usar o conhecimento adquirido na faculdade para o mercado de trabalho.

    ResponderExcluir
  9. A palestra da Daniella foi bem dinâmica e interativa, com exemplos interessantes para identificarmos se o documento era verdadeiro ou falso; resaltando a importância de conhecer bem a estrutura dos documentos, seus sinais de validação e se atentar aos mínimos detalhes no momento da análise documental.

    ResponderExcluir
  10. A aula expositiva da Daniella revelou novas possibilidades de atuação na área, ela mostrou que existem outras possibilidades de atuação como Arquivista, a possibilidade de trabalhar em setores estratégicos nas organizações como na prevenção de fraudes/falsificações, ela apresentou uma nova possibilidade de exercer os conhecimentos adquiridos ao longo do curso, fora do setor de arquivo.
    Após a sua palestra foi possível perceber que um profissional da informação está apto a atuar em qualquer setor estratégico de alta complexidade nas instituições públicas ou privadas. Ficou evidente também que enquanto profissionais devemos buscar qualificação constante, pois o tema é dinâmico, as técnicas da profissão são flexíveis, a todo momento surgem novas possibilidades nesse setor, então cabe ao futuro Arquivista, buscar meios para melhoria contínua/aperfeiçoamento dos seus conhecimentos.

    ResponderExcluir
  11. A palestra da Daniella,foi de longe,a que me despertou o maior interesse,sobre o tema ministrado.
    O mundo está cheio de pessoas,que querem fraudar a informação,e como informação é poder,acontece aí o perigo.
    No caso do trabalho dela,os conhecimentos diplomáticos são utilizados para impedir golpes e fraudes financeiras,porém está claramente inserido no funcionamento de um arquivo,pois nós, somos incumbidos de manter sempre a credibilidade,dos documentos que estão em nossa guarda. Lidamos com uma espécie de herança,algo que em estudos futuros,sempre será visto como fonte verdadeira e segura.
    Por isso,a importância de verificar a veracidade,do material.

    ResponderExcluir
  12. A Daniella conseguiu expor o assunto de forma muito natural. A análise dos documentos levando em conta a autenticidade e veracidade é algo que se deve ter muita atenção, e principalmente conhecer a estrutura documental. E a Daniella mostrou que por meio das ferramentas disponíveis pra ela, como os sites governamentais, é possível descobrir, ou dar o primeiro passo para a identificação de um documento falso. Além do conhecimento que foi adquirido com a aula, pudemos enxergar a gama de possibilidades em nossa área de atuação.

    ResponderExcluir
  13. Respostas
    1. A palestra da Daniella sobre Autenticidade e Veracidade foi bastante interessante e proveitosa, trouxe bastante aprendizado. Ela falou de forma bastante dinâmica sobre o seu trabalho na Caixa Econômica Federal, trazendo exemplos como: boletos fraudados, dinheiros falsos, identidades falsificadas, entre outros. Assim, vimos mais uma vez como é importante a análise das estruturas dos documentos. Com sua palestra também foi possível ter conhecimento de outras áreas que os futuros Arquivistas podem atuar.

      Excluir
  14. A abordagem da Daniella sobre autenticidade despertou interesse pessoal em trabalhar na área, de forma que se mostrou bastante segura e realizada com o tralho que realiza atualmente. Além disso, a abordagem trouxe maior conhecimento aos alunos, não só como estudantes de arquivologia, mas como cidadãos que todos os dias fazem transações bancárias, comerciais e documentais. Com a palestra da Daniella todos que estavam presentes têm condições de ter mais cuidado e atenção ao realizar as mais diversas transações do dia a dia.

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. A aula ministrada pela Daniella, foi extremamente enriquecedora. Ela com sua super dinâmica e facilidade para se expressar, deixou bem claro as questões acerca de autenticidade e veracidade. De uma forma simples eu consegui absorver muita coisa que está presente no meu dia a dia e eu nem notava. Desde a moeda de três reais que não tem valor para consumo mas, foi produzida pelo Banco Central, até a parte que ela conseguiu falar sobre os padrões de CPF para cada estado brasileiro. Foi muito interessante. Voto de sempre que for possível ser proposto esse tipo de aula. Pois, esclarece uma serie de coisas e nos mostra que podemos desenvolver vários trabalhos voltados para nosso curso.

    ResponderExcluir
  17. A aula da Daniella foi extremamente interessante pois trouxe exemplos práticos de questões anteriormente já abordada em aulas, um dos fatores importantes foi a maneira que as pessoas utilizam para fraudar documentos que, quando não observados com atenção passam despercebidos, e como um documento falsificado funciona como prova em um processo que é gerado a partir da falsificação. E as formas simples de descobrir a origem de documentos através de sites do governo.

    ResponderExcluir
  18. Daniella fez uma palestra bastante interessante e divertida. A apresentação de casos cotidianos faz com que o aprendizado da disciplina se desenrole num viés prático e por conseguinte palpável. Os casos de fraudes, por exemplo, são bem interessantes do ponto de vista arquivístico. A falsificação de informações é algo que é real e é um problema a ser sanado dentro das instituições e das empresas privadas. Até os casos mais risíveis evidenciam o problema. Outro aspecto que chama atenção é a facilidade que a internet propicia na identificação dos casos falsos, uma pesquisa rápida e a maioria das informações são contestadas.

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. A última aula que tivemos com a participação da Daniella foi bem interessante e interativa, com bastantes exemplos que chamaram a minha atenção. Ela trouxe diversas curiosidades sobre o seu trabalho, que consiste em descobrir fraudes bancarias, um tema bastante complexo que necessita de um conhecimento avançado em diplomática. Ela trabalhou assuntos como veracidade e autenticidade de uma forma bem dinâmica e mostrou uma nova área que posso atuar como futuro arquivista.

    ResponderExcluir
  21. Gostei muito da aula passada foi super empolgante e a Daniella direcionou de uma forma bem legal e dinâmica. Daniella é muito profissional, já tem anos de experiência e com isso adquiriu facilidade ao observar a autenticidade de um documento. Observei a sua dedicação também no desafio que foi lançado a ela de descobrir se o documento compartilhado por cada grupo era autêntico ou não e ela pesquisou, foi atrás de conhecer o documento afim de fazer uma análise sobre o mesmo e descobrir. Com essa aula pude mais uma vez refletir sobre a importância do Arquivista dedicar-se em seu trabalho, buscar conhecer profundamente os documentos com os quais irá trabalhar pois só assim ele estará apto a fazer qualquer análise profunda do documento afim de descobrir sua veracidade e autenticidade.

    ResponderExcluir
  22. Não participei da palestra da Daniella, mas tratando-se do tema de autenticidade e veracidade, é impossível não reconhecer isso nos documentos no nosso cotidiano e ambiente de trabalho. Onde eu trabalho, por exemplo, já aconteceu de um contrato do colaborador ser criado com tudo o que é necessário, mas a matrícula dele foi digitada errada, ou então o nome é escrito errado, ficando diferente do RG do colaborador. Assim como os horários que constam nas folhas de ponto, pois como são feitas manualmente, nem sempre as informações que estão nela são verídicas. São "pequenos erros" e detalhes que acabam sendo imprescindíveis em uma audiência de reclamação trabalhista. E aí, nestes casos, cabe ao Arquivista e sua equipe analisar os outros documentos que constam no dossiê do colaborador e atestados médicos, em busca das informações que não são verídicas.

    ResponderExcluir
  23. A palestra apresentada pela Daniella foi bastante interessante. Pelo fato de trabalhar em uma instituição financeira presente em grande parte do nosso país, e que por consequência possui bastante volume de documentos, a palestrante tem uma boa experiência na identificação de fraudes documentais. Na cartilha sobre identificação documental que nos foi apresentada, há muita informação acerca das características específicas de cada documento e seus sinais de validação. No meu cotidiano de trabalho, posso aplicar o conhecimento adquirido na palestra uma vez que trabalho com análise de diversos documentos para pleito de benefícios.

    ResponderExcluir
  24. Por atuar na análise diplomática por muitos anos Daniella nos proporcionou uma palestra entusiasmante e riquíssima de conhecimento, principalmente para nós que vamos atuar na área e ter que lidar muitas vezes com os tipos de situações apresentadas. O que mais me chamou a atenção, assim como a maioria dos meus colegas, é a forma de como ela sabe onde se localizam os pontos chaves a que devem se observar para desmascarar rapidamente uma falsificação. A memorização que Daniella possui para observar números de registros (quaisquer tipos de documentos) de acordo com o ano em que estão inseridos. Seu vasto conhecimento no âmbito diplomático dos arquivos me fez perceber o quanto é importante para nós, futuros arquivistas, dominar o conteúdo para favorecer a atuação na esfera institucional.

    ResponderExcluir
  25. A experiência com a palestrante foi realmente excitante, despertou um olhar diferenciado sobre a importância da diplomática e seu papel com a verdade e autenticidade dos documentos. O mais interessante da palestra sem dúvida foi ver o trabalho para se chegar a conclusão de uma falsificação, um trabalho meticuloso e quase de detive a fim de esclarecer a verdade por trás de cada documento.
    O aprendizado que fica para o desempenho das atividades com a documentação diária é o da desconfiança e cautela, com a Daniella fica evidente a necessidade de se analisar a documentação sobre um outro aspecto, tendo consciência da importância de se ter somente informações autênticas e verídicas dentro do arquivo.

    ResponderExcluir
  26. A experiência com a palestrante foi realmente excitante, despertou um olhar diferenciado sobre a importância da diplomática e seu papel com a verdade e autenticidade dos documentos. O mais interessante da palestra sem dúvida foi ver o trabalho para se chegar a conclusão de uma falsificação, um trabalho meticuloso e quase de detive a fim de esclarecer a verdade por trás de cada documento.
    O aprendizado que fica para o desempenho das atividades com a documentação diária é o da desconfiança e cautela, com a Daniella fica evidente a necessidade de se analisar a documentação sobre um outro aspecto, tendo consciência da importância de se ter somente informações autênticas e verídicas dentro do arquivo.

    ResponderExcluir
  27. A cautela nunca é demais, e um conjunto de visões tanto micro quanto macro, possibilitam-nos a ter mais requisitos para aplicar em uma pesquisa de autenticidade de documentos. O ideal é nunca se prender a um único viés de raciocínio para tentar chegar ao resultado de uma investigação.

    ResponderExcluir
  28. A aula da Daniela mostrou de forma dinâmica e divertida como a diplomática é importante na análise da veracidade dos documentos. Mostrando exemplos verdadeiros, a palestrante alertou para diversos aspectos de falsificação de documentos bancários. Também aprendemos que os documentos, a partir do momento em que fazem parte de um arquivo tornam-se autênticos.

    ResponderExcluir
  29. A palestrante Daniella conduziu sua apresentação de forma bastante didática e com linguagem descontraída, porém, sem deixar a desejar em conteúdo. Exercendo ela em sua atividade cotidiana análise de uma grande gama de documentos Daniella nos orientou quanto a sua forma de trabalho e que tipo de verificações e validações podem ser feitas em qualquer tipo de documento. Sinais de validação como presença ou não de carimbos, assinatura, autenticações e muitos outros foram abordados na apresentação. Pudemos observar o modus operandi de alguns indivíduos que falsificam documentos de identidade, dinheiro ou ainda procurações. Ela também nos conscientizou a respeito da importância da observância do contexto em que os documentos se encontram.
    Com suas cartilhas e discurso a oradora demonstrou que é necessário muito embasamento teórico e conhecimento profundo sobre os documentos com os quais iremos trabalhar, a fim de maximizarmos as chances de detectar qualquer fraude. A experiência também é um fator determinante para que a análise se dê naturalmente e de forma versátil.
    Já na minha experiência cotidiana a Daniella veio para reforçar conceitos bastante já utilizados: também trabalho na Caixa Econômica, porém, na área de pagamentos de FGTS. Aqui é extremamente necessário que sejam analisados os documentos de identificação, Carteira de Trabalho e demais apresentados. Há casos em que se sagram necessários Atestados Médicos, Exames Citopatológicos (comprovação de Câncer ou HIV) ou ainda Alvarás Trabalhistas ou Cíveis. Além da responsabilidade intrínseca aos pagamentos aqui caso haja negligência há sérias chances de apurações de responsabilidade que culminam às vezes em ressarcimento por parte do empregado. Como as cifras de pagamento podem variar de poucas dezenas de reais até a quantias quase milionárias é BASTANTE necessária toda atenção e embasamento para que as análises de mérito ao saque sejam feitas da forma mais consoante com as políticas da área gestora e principalmente da empresa.
    Assim a palestra foi de grande valia à todos os estudantes já que nos proporcionou alguns lampejos de como a Diplomática e também a Tipologia se fazem presentes no cotidiano de qualquer pessoa que lide com documentos.

    ResponderExcluir
  30. A palestra da Daniella foi muito divertida e informativa. Ela mostrou como verificar a autenticidade de documentos observando seus sinais de validação, prestando atenção no contexto envolvido, relacionando documentos diferentes dentro do mesmo contexto para observar a coerência e atentou para o fato de que para obter essa habilidade é preciso ter um vasto conhecimento na área escolhida e saber observar os detalhes.
    O documento que foi apresentado pelo meu grupo é um dos documentos que recebo todos os dias no meu trabalho. E assim como ela citou já recebemos documentos adulterados tais como identidades e autenticações no cartório. Com as dicas da Daniella passei a checar mais as fontes na internet e a observar detalhes nos documentos recebidos para checar a coerência entre eles, principalmente de datas e assinaturas.

    ResponderExcluir
  31. Na palestra da Daniela, vimos o conceito de autenticidade, e como é importante no meio em que ela trabalha. A autenticidade está presente no nosso dia a dia, quando entregamos um trabalho na universidade, quando elaborarmos relatórios em nosso ambiente de trabalho...
    Uma outra abordagem que foi falada na palestra, os sinais de validação dos documentos. Descobrimos que os sinais de validação podem ser diversos, desde o número da carteira de motorista, á assinaturas em memorandos, e até mesmo o CNPJ das empresas.
    Os sinais de validação estão interligados com a autenticidade dos documentos, são esses sinais que nos passam confiabilidade e nos ajuda a distinguir um documento falso de um verdadeiro.

    ResponderExcluir
  32. Na palestra da Daniela, vimos o conceito de autenticidade, e como é importante no meio em que ela trabalha. A autenticidade está presente no nosso dia a dia, quando entregamos um trabalho na universidade, quando elaborarmos relatórios em nosso ambiente de trabalho...
    Uma outra abordagem que foi falada na palestra, os sinais de validação dos documentos. Descobrimos que os sinais de validação podem ser diversos, desde o número da carteira de motorista, á assinaturas em memorandos, e até mesmo o CNPJ das empresas.
    Os sinais de validação estão interligados com a autenticidade dos documentos, são esses sinais que nos passam confiabilidade e nos ajuda a distinguir um documento falso de um verdadeiro.

    ResponderExcluir
  33. A aula da Daniella mostra que nos temos que ter antes de qualquer coisa relacionada a diplomática, um conhecimento profundo dos documentos que nos vamos trabalhar em nosso acervo, sendo assim, é bom recorrer a manuais e normas que norteiam a criação de tais documentos e observar o documento avaliado no seu contexto exato, como em um exemplo que me chamou a atenção quando ela mostrou um boleto forjado para ser da Caixa Econômica mas que continha uma numeração referente ao banco Santander. Com sua aula mostra como pode ser crucial um profissional da documentação que especialize na análise diplomática do documento

    ResponderExcluir
  34. A palestra da Daniella na aula passada foi muito empolgante e enriquecedora. De forma divertida ela conseguiu nos mostrar a importância da diplomática na análise de domuntos, pois ela nos permite observar a autencidade dos documentos, a veracidade e ainda perceber seus sinais de validação. Em outras palavras ela nos fez ver como utilizar essas informações nas nossas áreas de trabalho ao nosso favor.

    ResponderExcluir
  35. Estrelinha dourada para Daniella! A palestra ministrada por ela foi muito interessante e dinâmica, trazendo exemplos sobre seu trabalho, conseguiu prender a atenção e mostrar ainda mais a importância da Diplomática. A experiência foi bastante enriquecedora, mostrando como é importante conhecer bem as características de um documento e sua origem para sermos bons profissionais.

    ResponderExcluir
  36. A palestra da Daniella foi bastante enriquecedora, não sendo a toa que fiz a solicitação dela para o professor. De uma maneira bem dinâmica ela conseguiu nos mostrar a importẫncia de se conhecer os sinais de validação e o seu contexto do documentos que trabalhamos ou que lidamos direta ou indiretamente de alguma maneira. A exposição do seu conhecimento e trabalho no banco foi de grande valia quanto a disciplina, pois através dela podemos ter uma visão diferenciada do quanto a diplomática é importante no trabalho que exerceremos na arquivologia.

    ResponderExcluir
  37. Além de mostrar um interessante e importante documento pessoal ( a moeda de R$3), Daniella fez uma brilhante explicação sobre como a diplomática pode ser relevante no cotidiano. A palestra dada foi motivante e esclarecedora sobre como o papel do arquivista pode ser inserido no meio profissional para solucionar questões de todas as dimensões.

    ResponderExcluir

clique para comentar