04 abril 2012

EXTRA!EXTRA!EXTRA!

Foto 1:

Foto 2:


Olá queridos seres arquivísticos,
Todos empenhados com as tarefas da semana? Em homenagem a esta tempestade que não para de cair hoje: atividade relâmpago! (Portanto é optativa). Então vamos lá:
*Foto 1: Acervo Pessoal de Cíntia Frasão
*Foto 2: Copiada da página do professor Israel Batista.
* À luz do que é proposto no texto "As razões e os sentidos: finalidades da produção documental e interpretação de conteúdos na organização arquivística de documentos imagéticos (disponível aqui) que de início menciona as dificuldades do trabalho arquivístico com relação às fotos, pois seus fatores de produção não se dão por conhecer apenas por elas. Pensem em possibilidades de indexação para tais fotografias.
*Parte hot do post: Quais as funções administrativa e arquivística para cada uma das fotos.
*Vocês têm até 05/04/2012 às 23:59 para fazer a postagem.
* Os cinco primeiros que postarem ganharão um sonho de valsa (bombom, é claro) patrocinado pela monitora que vos escreve.
* Lembrem que as atividades optativas não fazem vocês perderem nota, caso não sejam realizadas, entretanto podem valer um pedacinho no céu diplomático no final do semestre.
Boa Semana e Feliz Páscoa!
Cíntia Frasão

36 comentários:

  1. As fotografias retratam do mesmo momento, porém tiradas de ângulos diferentes, e proveniências diferentes, uma do acervo pessoal da monitora e a outra do acervo do professor Israel Batista, isso já implica a diferenciação de funções que as fotografias representam dentro de cada contexto.
    A primeira fotografia por estar em um contexto de acervo pessoal tem a função de lembrança, recordação de um momento que foi importante para quem emitiu esse documento (monitora).
    A segunda foto está em um contexto no site do professor, e mostra a realização de um evento, e quem participou do mesmo. Tem função de comprovar que as pessoas foram e que o evento foi realizado, além de divulgar para o público as informações do evento que estão retratadas na foto.

    Ambos os documentos são administrativos, pois estão ligados a execução de uma atividade, no caso das fotografias, o evento em si e a participação no mesmo. Suas funções arquivísticas vão ser diferentes para cada contexto, a primeira foto está ligada a um acervo pessoal e suas funções arquivísticas variam com o que o emissor e produtor pretendem com o documento (recordação, sentimental, etc.) dentro do arquivo que vai ser inserido o documento. Já o segundo documento, dentro de seu contexto, tem relação com a comprovação do evento e das participações dos convidados (um deles, a monitora), e sua função arquivística está ligada a organicidade dos documentos produzidos pelo evento (feira do livro – Rodas Literárias com professor Israel), faz parte de uma série de documentos que foram produzidos na realização do mesmo. Sua função se difere da foto um, pelo fato de representar outro contexto de inserção.

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!

    Sou bibliotecária e estou trabalhando atualmente com GED/ECM e gostaria muito de saber se vcs tem textos sobre tipologias documentais de órgãos públicos, tais como: Senado; Assembleia, Tribunais...


    Obs: O Blog de vcs é tudo de bom!!! Parabéns!!!

    Maralyza Pinheiro

    ResponderExcluir
  3. Apesar de serem o mesmo documento, cada uma das fotografias está inserida em um contexto diferenciado. A primeira se encontra em um acervo pessoal, provavelmente exercendo uma função de recordação da participação no evento. A segunda fotografia já em seu contexto parece remeter a função comprovação de realização do evento.
    Na primeira fotografia ela parece ter sido coletada e adicionada ao fundo da monitora, diferentemente da segunda que parece fazer parte de uma formação natural do documento imagético.

    ResponderExcluir
  4. Camila Silva Gomes4 de abr de 2012 14:41:00

    Concordo com o Blener.
    A primeira foto de acordo com a informação que nos foi dada é do acervo pessoal da cíntia provavelmente a original e como o Blener falou exerce uma função mais sentimental e de recordação dentro do fundo da monitora.
    A segunda foto apenas mostra que o evento foi realizado.
    A primeira foto é um documento arquivistico pois a monitora escolheu esse decumento porque ela achou esse determinado documento melhor para provar aquela atividade no caso da foto o evento. Também é documento administrativo pois foi fruto de uma atividade.

    A segunda também é administrativa pois também foi fruto de atividades e também é arquivistica pois dentro do fundo em que ela se encontra prova como a colega Luiza disse não so a realização do evento mas os documentos que foram produzidos por ocorrencia do evento.

    Matrícula:10/0008836

    ResponderExcluir
  5. Idem dos comentários acima...A primeira provavelmente é do acervo pessoal de Cintia e a segunda retirada diretamente da página do "lendário' Israel, complementando a colega Camila, acho que as duas fotos comprovariam a realização do evento, a segunda pode ter uma conotação mais publicitária, passando assim a ter um valor administrativo a mais.
    Assim como a primeira teria um valor arquivistico pessoal maior, para o "órgão produtor".

    ResponderExcluir
  6. Primeira imagem: É parte de um acervo pessoal. Sua função arquivistica vai depender de quem o armazena e provavelmente tenha sido guardada para algum tipo de recordação especifica. Sua função administrativa está ligada ao comparecimento ao evento retratado. Ela comprova a participação das pessoas que estão na fotografia, aonde esatavam e o que faziam (fizeram) naquele momento.

    Segunda imagem: É parte de um acervo de vizualização publica. Sua função arquivistica é comprovar e mostrar a realização do bate papo do projeto "Rodas Literárias com Professor Israel", que contou com a participação das professoras Elisa Costa e Cintia Frasão. A fotografia comprova as pessoas que estavam participando do bate-papo que acontecia na 30ª Feira do Livro. Sua função admnisrativa é registrar que aquele momento relatado na matéria aconteceu de fato e não foi criado.

    ResponderExcluir
  7. Jéssyca Cardoso 10/0054528
    A primeira imagem, do acervo pessoal da monitora, tem como função administrativa retratar um momento importante para ela, comparecimento ao evento. Sua função arquivística está ligada ao produtor da imagem, por retratar algo importante foi guardada para recordação, lembrança.
    A segunda imagem, tirada do site do professor Israel. Sua função administrativa é mostrar o que aconteceu no evento. Sua função arquivística é comprovar que o evento realmente aconteceu e também por motivos pessoais, para recordação de seu evento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jessyca,

      Desconheço as fotos e as informações que a Cíntia tem delas, mas acho que você está indo pelo caminho certo.

      Para completar seu raciocínio sugiro que você avance um pouco mais a reflexão e tente propor, para cada foto:
      a) fundo
      b) função administrativa
      c) função arquivística
      d) tipo documental

      Excluir
  8. Mariana Nascimento5 de abr de 2012 12:26:00

    Mariana Nascimento de Medeiros – 10/0036147

    Depois de minha análise, eu não acredito que as duas fotos tenham sido tiradas de ângulos diferentes. Em minha opinião a primeira foto só é o corte e redução da segunda. É claro que a primeira pode ter sido cortada para que a Cíntia pudesse guardá-la como uma memória de algo que aconteceu pra sua vida pessoal. E a segunda, apesar de possuir a marca de um professor no cantinho da foto, também pode ser de um acervo pessoal ou simplesmente da comprovação de um evento. As duas possuem funções administrativas, já que surgiram de atividades, mesmo que possam ter motivos diferentes. Possuem funções arquivísticas para as duas fotos também. A primeira como recordação que depende de seu produtor (Cíntia) e a segunda, se for de recordação, repete-se a explicação da primeira, mas se for pra comprovação de um evento sua função arquivística remete a prova de que o evento realmente aconteceu.

    ResponderExcluir
  9. A primeira imagem colocada em questão,exerce a função administrativa por está ligada a execução de uma atividade,no caso o comparecimento da monitora Cíntia e demais pessoas, no evento ''Rodas Literárias com Professor Israel''.Sua função arquivística é estabelecida desde o momento em que a monitora Cíntia optou por ter essa fotografia em seu acervo pessoal.

    A segunda imagem também exerce a função administrativa por comprovar a execução de uma atividade,no caso o acontecimento do evento.Sua função arquivística é comprovar que o evento realmente foi realizado,e que o mesmo acabou gerando uma série de documentos específicos ao evento.

    Raíza Cristina
    Matrícula: 10/0019790

    ResponderExcluir
  10. Com base no exposto pelo colegas de curso e nas informações complementares, pode-se destacar que estas duas fotografias são documentos que tem função administrativa, tendo em vista que foram produzidas de acordo com uma atividade. A fotografia é uma retomada de memória e pode ter função arquivística distinta para seu emissor e produtor. Levando em consideração que a foto 1 é do fundo da monitora Cíntia e a foto 2 é de um acervo de visualização pública é possível destacar que tem funções diferentes para cada produtor, sendo que a primeira tem valor sentimental e serve como recordação de um momento que foi eternizado pela imagem. A segunda tem um contexto de comprovação e divulgação dos acontecimentos do projeto "Rodas Literárias com o Professor Israel", da 30 Feira do Livro. A fotografia enquanto perpertuação da memória é essencial para questionarmos sua função documental.
    Juliana Lima de Sousa 10/0032826

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com a Mariana, acredito que a foto 1 e a foto 2 não foram capturadas de ângulos diferentes. Como o uso das novas tecnologias pode ser possível que por interesse pessoal a monitora tenha copiado a foto do site do Professor Israel e ter recortado as laterais da foto (talvez pelo motivo da foto “original” possuir a logo marca do site), neste caso considera-se que o autor das fotos foi o mesmo, que o ângulo das imagens foi o mesmo, a origem de ambas as fotos é a mesma.

      Essas imagens passam a ter características diferentes quando contextualizadas no acervo de cada produtor. A foto 1 está presente no acervo da Cíntia, podendo apresentar como função administrativa a sua participação no evento, lembrança do evento ou outros motivos pessoais. Já a foto 2 faz parte do acervo do Professor Israel, tendo como função administrativa divulgar no site a sua participação no evento juntamente com as professoras, no site a foto está acompanhada de um texto que nós esclarece quando foi o evento, quem participou, o que foi discutido. Já no acervo pessoal da Cíntia não sabemos se ela está relacionada com alguma documentação sobre o evento.

      Se fosse feita um recolhimento de dados das imagens, deveria ser especificado quem foi o autor, local, data, o evento, as pessoas presentes na foto, o ângulo que foi capturada a imagem, a foi utilizado algum programa para modificar a imagem, quais a modificações feitas. Também é importante a descrição do seu conteúdo informacional.

      Nathaly Rodrigues 10/0018505

      Excluir
  12. Concordo com a Mariana e a Nathaly, parece que a primeira foi cortada, omitindo o slogan do professor Israel. O ângulo é o mesmo a diferença no caso dessas imagens é o produtor e suas respectivas finalidades. A primeira, como já foi dito anteriormente, pertence ao acervo pessoal da Cíntia que por motivos pessoais escolheu essa figura para provavelmente comprovar sua participação do evento e para guardar como recordação de um momento marcante em sua vida. A sua função administrativa esta vinculada ao comparecimento da Cíntia, ou seja, a execução de uma atividade dela (para fins pessoais). É um documento arquivístico, pois comprova essa atividade.
    Já a segunda que pertence ao site do professor Israel cujo motivo é a divulgação e publicidade das suas atividades. É um documento arquivístico, pois vincula a informação do evento e comprova a participação dos integrantes da foto. E é também um documento administrativo, pois está relacionado a comprovação da participação e divulgação do professor Israel.

    ResponderExcluir
  13. Renan Viana de Araujo5 de abr de 2012 18:02:00

    Apesar de aparentemente as fotos parecerem iguais, elas apresentam certas diferenças. A foto 1 é do arquivo pessoal de Cíntia e tem como papel principal desempenhar a função de lembrança de um acontecimento para a nossa monitora. Já a foto 2 tem a função principal de indicar que houve a realização de um evento em um certo local,envolvendo determinadas pessoas. Ambas as fotos são de caráter administrativo, pois foram produzidas no exercício de suas atividades, onde a primeira imagem tem função arquivistica de recordação,lembrança de um fato para Cíntia, enquanto a segunda imagem tem função arquivistica de divulgar um evento e comprovar que o mesmo ocorreu. Percebe-se que apesar de os documentos serem aparentemente os mesmos, a função que eles exercem depende do contexto no qual estão inseridos.

    Renan Viana - 09/0130588

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Analisando as fotos, e tendo como base os comentários dos colegas e o texto "As razões e os sentidos: finalidades da produção documental e interpretação de conteúdos na organização arquivística de documentos imagéticos", do professor André Lopez, acredito que as fotos realmente possuem diferenças. Como ressaltado nos outros comentários, parece-me claro que a foto 1 pertença ao acervo pessoal da monitora Cíntia e a foto 2 faça parte de um acervo de fotos que pertence de algum modo ao professor Israel Batista, ou seja temos a diferença de produtores. Em relação as funções administrativa e arquivística das duas fotos, fiz uma associação ao que o professor André Lopes diz (p.18)"No caso dos documentos imagéticos, a distinção entre o documento e a informação por ele vinculada tende a não ser percebida facilmente. A imagem, quando considerada isoladamente não apresenta informações institucionais sobre a criação do documento", na foto 1 realmente ocorre esse isolamento, pelos menos eu acho. Caso não estive disponível que a foto pertence ao acervo pessoal da monitora, não seria fácil identificar sua real função, devido ela estar isolada e não ter nenhuma marca institucional. Contudo, assim como os colegas, acredito que a foto 1 tenha como função administrativa a lembrança/recordação de um evento a qual a monitora Cíntia participou e a foto 2 tem função administrativa dar publicidade a um evento o qual o professor Israel Batista esteve presente. Quanto à função arquivística, temos que na foto 1, a função é possibilitar a recordação para a Cíntia, e na foto 2 comprovar a participação do professor Israel em um determinado evento.
      Observando o que o Renan disse em seu último parágrafo e com a leitura da (p.19) do texto do professor André, em que ele diz "As reciclagens e reproduções de documentos imagéticos são fenômenos comuns e também devem ser observados com cuidado. Aquela imagem da formatura de Dr. Fulano pode, eventualmente, vir a ser reproduzida por um jornal. Nesse caso, o conteúdo informativo primário permanece igual, porém torna-se um documento absolutamente diferente em termos de arquivalia", pude perceber uma relação com que o Renan disse, pois as fotos, aparentemente, parecem ser iguais e consequentemente teriam a mesma função, quando na verdade possuem função distintas pois estão em contextos diferentes, pertencem a produtores diferentes e acervos diferentes.
      Com toda a análise, uma nova dúvida eu fiquei, o que seria a tal Arquivalia?

      Excluir
  15. Flávio Costa Santiago5 de abr de 2012 20:36:00

    Apesar das imagens serem aparentemente iguais, apresentam funções diferentes nos fundo que pertencem, a imagem 1 como já foi citado pelos colegas tem o papel de servir como lembrança, recordação da participação de nossa querida monitora em um evento, já a imagem 2 já exerce a função de comprovação da presença das pessoas no evento e a própria realização do mesmo, também pode-se dizer que no site do professor Israel ela está ligada a publicidade do evento.
    A função administrativa da imagem 1 está ligada a participação da Cíntia, associada a sua atividade desempenhada, a função administrativa da imagem 2, além de ser criada na execução de uma atividade executada pelo professor Israel, tem ligação com a publicidade do próprio professor na realização de suas atividades legais. A função arquivística de ambos é parecida, é a de comprovar que o evento aconteceu, que as pessoas estavam presentes e guardar uma recordação do evento.

    Flávio Costa Santiago - 10/0029451

    ResponderExcluir
  16. Baseado nas discussões em sala e através da leitura do texto “As Razões e os sentidos: finalidades da produção documental e interpretação de conteúdos na organização arquivística de documentos imagéticos” de autoria do professor André Porto, ao analisar as duas imagens postadas pela monitora, é possível chegar à conclusão que em ambos os casos, trata-se da mesma imagem, porém, na primeira situação houve algumas alterações que diferenciaram a primeira imagem da segunda. Outro fato que deve ser levado em consideração é com qual intuito cada uma das imagens foi criada. Na primeira situação a fotografia representa um documento do acervo pessoal da monitora, criado com a intenção de servir de recordação, lembrança, comprovação da participação do evento que para a produtora representava algo importante. Já a segunda imagem foi criada com outra intenção. Analisando o conteúdo informativo dela, nota-se que a intenção do produtor ,diferentemente do primeiro caso, era registrar a realização do evento, e como cosequência, sua participação e também de divulgação do mesmo. Sendo assim, apesar de ambos os documentos serem arquivísticos, administrativos e retratarem o mesmo evento, pertencem a fundos diferentes e desse modo suas funções arquivísticas vão ser também diferentes de acordo com o contexto a que pertence.

    Aluno: Maurício de Araujo Matos
    Matrícula: 10/0036821

    ResponderExcluir
  17. Victor Valente 10/00217015 de abr de 2012 22:48:00

    Bom, não vou ser papagaio da galera (afinal todo mundo já cansou de falar a mesma coisa...)

    Desse exercício podemos observar aquilo que o prof. André vem falando ao longo das aulas, nada é o que parece ser. Como todos disseram acima, são coisas diferentes, sem analisar o contexto, seriam o mesmo documento, com o mesmo código de classificação, mas a partir do momento que se entende a origem do documento e o seu papel/valor dentro do arquivo, seu contexto muda totalmente e seu código num plano de classificação também.
    Acho que o grande lance desse exercício era despertar essa noção de enxergar o documento de arquivo num contexto muito mais amplo do que estamos acostumados, bem como nos mostrar que você ter várias cópias do mesmo documento em diferentes locais que ele será único em cada lugar e terá uma função diferente em cada fundo.

    ResponderExcluir
  18. Roseane Mina Iha
    Matrícula: 10\0039928

    Acredito assim, como minhas colegas que já citaram acima, de que as foto 1 e 2 não foram capturadas de ângulos diferentes, sendo uma questão de múltipla reprodução da mesma imagem, contudo para finalidades distintas.
    A primeira foto faz parte de um acervo pessoal de origem privada, que no caso era de Cíntia Frasão, que guardou este documento por razões sentimentais ou para testemunhar um momento de sua vida, suas relações pessoais ou profissionais, ou seja, a função arquivística deste documento pode ser de lembrança.
    A segunda foto faz parte também de um acervo pessoal, mas referente a outro produtor, Israel Batista, que guarda o documento para comprovação, divulgação de um evento realizado, de ideias discutidas e pessoas que participaram, ou seja, a função deste documento pode ser de prova, efetivação do evento.
    Os dois documentos podem ter funções administrativas por poderem resguardar, adquirir, modificar, extinguir e declarar direitos ou impor obrigações aos participantes ou a si próprias com relação ao processo do qual estão participando como o “Rodas Literárias com Professor Israel".

    ResponderExcluir
  19. As duas imagens são documentos arquivísticos para ambos os produtores, porém cada uma possui funções diferentes. Como já falado pelos meus colegas, a foto 1 tem uma função de recordação de um momento importante para a monitora Cíntia no evento promovido pelo professor Israel. Ela quis guardar essa imagem em seu acervo pessoal para uma eventual comprovação ou recordação futura. Já a foto 2 tem uma função de publicidade e prova do evento para o produtor.
    Também concordo com a Mariana em relação à foto ter sido cortada e o autor da imagem ser o mesmo, porém como já dito, suas funções para os produtores são diferentes. As duas imagens são documentos administrativos porque foram produzidas de acordo com uma atividade, ou seja, o evento “Rodas Literárias com Professor Israel" para questão de publicidade e comprovação dos participantes.

    ResponderExcluir
  20. Considerando o texto e seus aspectos sobre a produção de documento, as etapas paara a feitura até se chegar a concepção do produtoo imagético de arquivo, pode-se analisar diferenciações sobre o estudo da informação pela Arquivística em relação à por exemplo a àrea de Documentação. Quer dixer basicamente, , neste caso que em termos de produção documental, especificamente de gênero imagético, tem-se concepçõese não uma somente., sendo que os fatores de produção perpassam por concepções diversas. O trabalho arquivístico sobre essa documentação pode ser baseado nos parâmetros de indexação mais usados e a confusão sobre sua organização, não vinculçados apenas aos , como cita o texto em termos de inciação de produção, "....processos técnicos de obtenção de imagem..." mas tem mais sensibilização para o que de fato é o recurso de necessároio uso dos arquivistas que são os "..motivos administrativos..." que levam a feitura de documentos de arquivo .
    É extremamnete importante estabelecer as funções dos documentos. Uma documentação dassim pode ser passível de indexação por tema por exemplo ou pode sofrer classificação por determinada atividade pertencendo a acervo pessoal desempenhando a função de promover valo afetivo e quanto ao segundo exemplo ter a função de promoção de aulas prazaaticas


    Dyenison Pereira 100049281

    ResponderExcluir
  21. Respostas
    1. Vou aceitar, a reposta atrasada, porém sem concorrer ao bombom, que é cortesia da monitora :)

      Excluir
  22. Respostas
    1. Vou aceitar, a reposta atrasada, porém sem concorrer ao bombom, que é cortesia da monitora :)

      Excluir
    2. Eu acredito que as imagens possuem funções diferentes mesmo sendo do mesmo evento. Como todo mundo já disse, as fotos foram tirados por ângulos diferentes e isso faz toda a diferença , mudando toda a tipologia que o documento apresenta. A primeira imagem tem a função de recordação da monitora e a segunda imagem tem como função de publicidade e divulgação da realização do evento. Concordo com o Victor em gênero, número e grau acredito que essa atividade foi proposta justamente para nos mostrar que nem tudo que parece é. Aparentemente são duas fotos, uma cortada e a outra "original", mas quando visualizamos e analisamos de uma maneira mais critica começamos a perceber que existe diferenças ( função administrativa, função arquivística, fundo e tipo documental)
      O conceito de unicidade abrange todo esse exercício, são duas fotos que possuem funções distintas e em cada fundo ela será única mesmo sendo uma cópia.

      Excluir
    3. Agora a pergunta do milhão: como é que tais documentos, de unicidades distintas, seriam classificados de acordo com o Conarq?

      Excluir
    4. De acordo com suas funções arquivísticas. Acho que entrariam no código 060- documentação e informação. Que tal???

      Excluir
  23. Eu colocaria na parte de Comunicação social, 012. Para o Professor Israel seria interessante pela questão da divulgação levando em conta que ele é uma pessoa pública, porém, para a monitora é complicado classificar por ser um documento pessoal e a área meio é para subsidiar as atividades administrativas de determinada instituição/órgão/empresa. O mesmo acontece com a foto do professor Israel se ele a considerar um documento pessoal.

    ResponderExcluir
  24. Acho que éa mesma foto a primeira com cortes que extrairam a marca do autor (israel). No caso de classificação, primeiro é importante conhecer o acervo e não separar do dossiê a que pertence, na medida do possível observando os critérios de coservação. Segundo obter informações quanto a participaçãoes em eventos e com isso buscar datas e partiipantes para formação de legenda. Caso nenhuma dessas informações seja possivel, a classificação generica poderia ser útil para uma possivel busca (entrevista em evento, citando ou não o nome das pessoas).
    * Não me delete professor. :)

    ResponderExcluir
  25. Camila Silva Gomes27 de abr de 2012 09:22:00

    Poxa nem ganhei o chocolate :( hahaha

    ResponderExcluir
  26. Acredito que as duas fotos tenham sido tiradas do mesmo angulo, porém, a primeira é diferente da segunda pois foi cortada. Como muitos já disseram, a primeira imagem remete ao que chamamos de acervo pessoal, no caso, da Cintia. Não posso afirmar com convicção a sua função arquivistica pois irá depender do porque que ela guardou essa foto. Pra mim, essa foto foi guardada para a recordação e para comprovar que participou de tal realização. E a função administrativa é comprovar o comparecimento no debate.
    A segunda imagem, percebe-se que ela faz parte de um acervo que é aberto ao publico. Tem como função arquivistica comprovar realização do bate papo do projeto do professor Israel. Sua função admnisrativa é demonstrar que o bate papo ocorreu de fato.

    ResponderExcluir

clique para comentar